DHEA 25mg

Dhea é sinônimo de qualidade de vida!

Categorias: VITAMINAS E
FITOTERÁPICOS
- Anti-Idade - Antioxidantes - Nutricosméticos GRANDES MARCAS - Ultimate Nutrition

Marca: Ultimate Nutrition

Quant: 100 Caps

 

DHEA (dehidroepiandrosterona) é um hormônio produzido pelas glândulas supra-renais. O DHEA é convertido em androgênio e estrogênio nas células. Se é convertido em androgênio (hormonio femenino) ou estrogênio (hormonio masculino) depende do sexo da pessoa, idade, condição individual, e outros fatores individuais. Alguns pesquisadores descubriram que tomar antioxidantes com DHEA leva a melhores resultados. Indiretamente, o suplemento em DHEA provoca também um aumento do nível de Igf-1 (um metabolito do hormônio de crescimento), o que constitui uma das explicações plausíveis dos seus benefícios para a saúde. O DHEA circula no corpo principalmente sob a sua forma solúvel em água, o sulfato de DHEA (Dhea-s) que pode-se facilmente ser medido por um exame de saliva.

Para que serve DHEA?

Fora do seu papel como precursor dos hormônios sexuais, o DHEA está o oposto em relação à produção de hormônios corticosteróides, que são produzidos pelas glândulas suprar-renais em reação ao estresse. Embora, o estresse seja o factor primordial do declínio de DHEA, a partir da idade de 30 anos, que é acompanhado por um crescimento na susceptibilidade às doenças, que vai junto com a aceleração do envelhecimento.

Quem deveria tomar DHEA?

O suplemento de DHEA pode começar a ser tomado com 30 anos de idade para os indivíduos particularmente cansados, estressados ou deprimidos. Para muitas destas pessoas o suplemento de DHEA  ofereçe a promeça de um corpo mais jovem e uma vida melhor. As pessoas menores de 30 anos têm geralmente níveis de DHEA suficientes e somente deverá ser usado se as suas análises revelarem uma insuficiência de DHEA ou se o seu médico aconselhar o uso. Depois de 40 anos, o nível de DHEA não é maior do que a metade do nível correto, acima  da idade de 75 anos, o nível declina de 80% para 90%.

Memória

Ainda são contraditórios os resultados científicos sobre as influências da DHEA sobre a melhora da memória ou sobre a prevenção do declínio cognitivo. Alguns autores mostram resultados promissores (Markowski 2001; Mathis, 1999), enquanto outros afirmam nulidade ou resultados nada expressivos (Moffat, 2000; Almeida, 2001; Carlson, 1999; Huppert, 2000). 

Imunidade   

As primeiras pesquisas relacionando os níveis de DHEA foram feitas em pacientes com doenças crônicas, AIDS, sífilis congênita e queimados. Também os pacientes sob cuidados intensivos mostraram baixos níveis desse precursor hormonal, com uma redução significante da relação DHEA/cortisol. As pesquisas nessa área têm sido mais concordantes entre vários autores.

Uma boa parte dos trabalhos conclui que nas doenças graves os níveis de cortisol sobem às custas de outros esteróides, inclusive DHEA. A ação imunoestimulante da DHEA pode ser motivada por bloqueio dos corticóides ou por modulação da síntese das chamadas linfocinas (Morfin, 2000; Christeff, 2000; Clerici, 2000; Padgett, 2000; Cutolo, 2000). 

Obesidade  

Alguns autores têm pesquisado as relações da DHEA com a obesidade, notadamente com a obesidade que o envelhecimento predispõe.  Alguns estudos realizados com camundongos (Richards, 1999), onde foi verificado que a DHEA evitou o desenvolvimento da obesidade. Também em idosos humanos procurou-se estabelecer as relações DHEA/obesidade com resultados muito promissores (Jankowska, 2000).

A DHEA parece ser um agente estimulante da termogênese (geração de calor), fazendo com que o corpo gaste mais energia mobilizando assim as gorduras, ao mesmo tempo em que aumentaria a massa muscular. Também a enzima G6PD, formadora de grande quantidade de radicais livres, é inibida pela DHEA, a qual, atuando como verdadeiro anti-radical livre, protege a integridade celular. 

Sistema nervoso   

Há anos a DHEA vem sendo relacionada com a melhora da inteligência, cognição e sensibilidade.  Os resultados ainda são acanhados, contraditórios mas, não obstante, algo esperançosos.

Os presumíveis efeitos antidemenciais ou antienvelhecimento da DHEA ganharam destaque através do livro de Eugene Roberts, Smart Drugs e Nutrients. O termo Smart Drugs ganhou espaço na mídia, mais que nos meios científicos, a partir de linhas de pesquisa estabelecidas nas universidades americanas de Nova Iorque e da Califórnia, onde vários pesquisadores iniciaram estudos sobre como melhorar o desempenho da mente humana. As drogas ou substâncias capazes de melhorar aspectos do desempenho mental, seja na memória, entendimento, concentração, vigília, etc, foram apelidadas Smart Drugs ou, em português, Drogas da Esperteza (Dermival Pansera).

Embora alguns estudos mostrem uma relação significativa entre Doença de Alzheimer e baixas concentrações da DHEA (Murialdo, 2000), ainda faltam pesquisas suficientes para recomendar o tratamento com DHEA para a melhoria no estado de ânimo, para o incremento da inteligência ou da cognição, como querem crer alguns pesquisadores mais intrépidos. 

Envelhecimento   

O cortisol aumentado induz (ou acompanha?) ao envelhecimento cerebral, o declínio imunológico, etc. Esta diminuição pode ser, juntamente com outros fatores, responsável por algumas características da terceira idade, tais como diminuição da capacidade cognitiva e da imunidade.

É tão estreita a relação baixa de DHEA/envelhecimento, que este esteróide tem sido utilizado como marcador biológico do envelhecimento, pois níveis baixos são equivalentes a um grau mais avançado de aterosclerose, maior incidência de doença cardiovascular, de tumores malignos, resistência à insulina com propensão a diabetes, declínios cognitivos, doença degenerativa cerebral.

Também foram encontrados níveis baixos de DHEA em pacientes com osteoporose, com tumores de mama e em 11 de 13 pacientes com leucemia (Demeter, 1991).

Há uma tendência moderna em crer-se que sua aplicação terapêutica tornaria possível uma menor e mais lenta evolução desses processos degenerativos. Com a reposição hormonal, muitos desses sintomas tenderiam a se retardar.

 

  

Uma (1) cápsula por dia com uma refeição ou como recomendado por um profissional de saúde. 

http://www.ultimatenutrition.com/

 

 

- Consulte um profissional de saúde antes de usar se você estiver tomando algum medicamento ou tem qualquer condição médica.

- Não recomendado para uso em indivíduos menores de 18 anos.

- Mantenha fora do alcance das crianças.

- Estes produtos não são destinados a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença.

 




 

Este produto ainda não possui comentários. Faça já o seu comentário!
  • R$169,95
    12x de R$ 17,06 ou R$ 152,96 com desconto.
  • de: R$219,95
    R$169,95
    12x de R$ 17,06 ou R$ 152,96 com desconto.
  • R$79,95
    12x de R$ 8,03 ou R$ 71,96 com desconto.
  • R$119,95
    12x de R$ 12,04 ou R$ 107,96 com desconto.
  • de: R$79,95
    R$54,95
    12x de R$ 5,80 ou R$ 49,46 com desconto.
  • de: R$169,95
    R$119,95
    12x de R$ 12,04 ou R$ 107,96 com desconto.
INFORMAÇÕES     ACOMPANHE A DOUTOR ÂNIMO ATENDIMENTO 
   

 

 

 

 

 

 

FORMAS DE PAGAMENTO

 

Copyright 2013 - www.doutoranimo.com - Todos os Direitos Reservados.

Preços e condições de pagamento apresentados neste ”site” somente são válidos para as compras efetuadas no ato da sua exibição. *Condições de pagamento à vista somente para depósitos, transferências e boleto bancário.

Copyright (c) doutoranimo.com 2013 - Todos os Direitos Reservados